Pix Force - Inteligência Artificial para inspeção e monitoramento de ativos para o setor de Energia




- Contexto e motivação inicial;


A Pix Force nasceu como uma ideia em 2015, pensada por Daniel Moura e Renato Gomes. Daniel vinha da área de sustentabilidade e meio ambiente, enquanto Renato atuava no ramo de mineração. Os dois perceberam no mercado a necessidade crescente de sistemas de análise de imagens coletadas por drone e satélite. Na época, percebia-se um aumento na disponibilidade deste tipo de imagem, mas a falta de sistemas de análise que cumprissem essa nova demanda.


- Jornada/evolução da empresa;


No início, a Pix Force utilizava ferramentas tradicionais de visão computacional para a análise de imagens. Rapidamente, tendo em vista a complexidade e dimensão das imagens sob análise, os sócios perceberam que havia a necessidade de expandir e incluir inteligência artificial nos processos. Para isso, a Pix Force contratou especialistas do ramo para desenvolver essa competência dentro da empresa.


Com o tempo e o sucesso, a empresa passou a ser procurada por clientes de outros setores, como elétrico e industrial, e a partir desse momento a Pix Force sofreu uma transformação, passando a ser uma empresa que não atendia só as necessidades do setor florestal, e focando também na Indústria 4.0 ( siderúrgicas, mineração…) e no setor elétrico. Esse fato também impulsionou a Pix Force ampliar o escopo e se especializar em análise e coleta de imagens produzidas por câmeras fixas e celulares, migrando da análise focada somente em imagens aéreas para imagens feitas em linhas de produção industrial, por exemplo.


- Estágio atual de desenvolvimento;


A estratégia da Pix Force sempre foi criar produtos escaláveis internacionalmente, porém, no início a empresa ainda dependia muito de recursos de clientes e focava muito em projetos P&D. Entretanto, a partir de 2019 a empresa transformou-se internamente, e passou a investir menos em projetos de novos desenvolvimentos para focar na conclusão de soluções em andamento.


Atualmente, a Pix Force tem dois produtos já finalizados, que já apresentam cobrança de recorrência, outros três em fase final de desenvolvimento e quatro em estágio intermediário. O objetivo a longo prazo da empresa é focar nesses produtos e internacionalizá-los. A Pix Force se torna a cada dia mais uma empresa SaaS (Software as Service), com receita recorrente, e menos uma empresa de P&D.


O time de desenvolvimento da Pix Force está situado no Brasil, mas a empresa já é global. Em 2019, a Pix Force abriu uma sede nos EUA, em Delaware. Também apresenta um escritório na Finlândia, que atende as demandas no território europeu.

A Pix Force também já conta com Spin-offs voltadas para setores específicos, como a Pix Grid, focada no setor elétrico, e a Redsoft, pensada para a indústria de carne.


- Programas de Incubação e aceleração que participou;


Empresa multipremiada e acelerada por Inovativa Brasil e Conecta (governo federal), Vallourec Open Brasil, Liga Ventures, FIEMG Labs, EDP Starter,CPFL Endevor, Porto Seguro Oxigênio, Suvinil Fora da Lata, TechStart, Bauducco B.Lab, programa Softex AI2, programa SEED e Ocyan Waves.


- Premiações/Funding;


  • Startup ranqueada a número 1 em visão computacional no Brasil pela 100 Open Startups em 2018 e 2019, e nº1 em inteligência artificial e 6ª no ranking geral em 2020.

  • Selecionados para o programa IA² - do ministério da ciência e tecnologia em parceria com a Softex - desse impulsionamento nasceu a Pix Grid.

  • A Pix Force já levantou 1 milhão de dólares em rodadas pré Seed.

  • 500k USD - Rodada Friends and Family.

  • 2020 - 250k USD.

  • Rodada Seed - início em 2021


- Cases de implementação no setor de engenharia e infraestrutura;


A Pix Force atende vários mercados, mas vale destacar a última plataforma lançada.


Sistema de termografia embarcado em drones, com voo automatizado e interpretação de imagens por inteligência artificial, para inspeção de correias transportadoras tubulares. - Case para Eneva.


- Atuais funcionalidades da plataforma;


A plataforma permite a programação do voo automatizado para aquisição de imagens e os dados coletados são analisados por I.A. Todos os dados são armazenados e exibidos por dashboards e alertam sobre desvios.


- Roadmap futuro/próximos passos:


  • Consolidar as Spin-offs, criando empresas que oferecem soluções de tecnologias derivadas da Pix Force focadas em setores específicos.

  • Expandir a internacionalização.

  • Aumentar números da Rodada Seed em 2022.

21 visualizações0 comentário